Dra. Graciele Tombini

A preocupação com o excesso de peso é muito mais que uma questão estética. Eu passei por isso aos 12 anos de idade, assim como muitas adolescentes, e sei o impacto que as mudanças do corpo tem na nossa vida. Nesta época já tinha certeza de que queria trabalhar com o tratamento da obesidade.

Escolhi a Endocrinologia porque é a área da medicina que trata o organismo como um todo. Uma única mudança hormonal pode trazer prejuízos para vários órgãos. Além disso, por ter esta especialidade posso prescrever medicamentos que auxiliam no tratamento da obesidade. Poder colaborar com a história de alguém é fascinante. Hoje, todos sabemos que obesidade é uma epidemia mundial, com grande influência nos casos de câncer. Por isso, minha especialização é muito focada nesta temática. O emagrecimento previne a doença e até diminui as chances de reincidência.

Me formei em medicina pela Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre. Durante a faculdade, por 3 anos, fui monitora de Bioquímica, Farmacologia e Endocrinologia.  Fiz residência médica em Endocrinologia na Santa Casa de Porto Alegre. Sou especialista pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia. Trabalhei por 5 anos no Centro de Prevenção do Câncer no Hospital Santa Rita, que faz parte do Complexo. Na busca por mais conhecimento, em 2010, fiz Fellow em Obesidade no Methodist Hospital Houston, no Texas (EUA). Sou membro da Abeso (Associação Brasileira de Obesidade).